Nota da Aty Guasu das Mulheres Guarani Kaiowá

As mulheres indígenas Guarani e Kaiowá, a partir de 1992, passaram a se organizar e realizar a Aty Guasu das Mulheres, como um espaço de valorização do papel das mulheres para esse povo indígena (que é matriarcal), seja na transmissão do conhecimento tradicional, seja nas retomadas, seja na manutenção da comunidade nas aldeias, tendo o objetivo de fortalecer e contribuir a luta dos povos indígenas como um todo.

O surgimento da Aty Guasu das mulheres, impulsionado, entre outras, por Dona Alda Silva, se dá num contexto de grande índice de suicídio entre os jovens e idosos, apontando a ausência de perspectivas, além das diversas outras dificuldades sofridas por esse povo. Assim, as mulheres conseguiram alugar um carro e foram percorrendo as reservas e territórios indígenas, ouvindo as outras mulheres, suas preocupações e anseios, de forma que puderam perceber a recorrência de temas em comum que afligiam todas, levando a firmar a proposta de uma Aty Guasu específica.

A relação das mulheres indígenas Guarani Kaiowá com a terra parte da compreensão de que a terra é a essência da vida, porque é ela que dá o alimento, os remédios e a cura das doenças. Esse conhecimento é repassado de mãe para filha (o tempo de repasse e aprendizado é dos 9 aos 13 anos) e tem fundamental importância. Por exemplo, quando ocorrem as retomadas, quem dá a última palavra para tomar a decisão são as mulheres, e após a entrada no território são as mulheres que fazem uma análise do local para definir como será organizado o espaço (a roça, as casas, a celebração das rezas, a convivência comunitária, os remédios, a mata onde irão caçar, a fonte de água, etc.).

Hoje, esse olhar sobre a terra vai de encontro com o agronegócio, que, ao mesmo tempo que impede aos indígenas o direito aos seus territórios originários, estabelece uma lógica predatória sobre a natureza e os depreda, dificultando a reprodução do seu modo de vida.

A interferência na organização das mulheres indígenas Guarani Kaiowá é uma ameaça à luta desse povo!
Ajude a denunciar!

mulhereskaiowas
Foto: Pedro Alves

DSCF0346

DSCF0347

DSCF0348

DSCF0349

DSC_0001

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s